Usar flash é mau para uma boa optimização

Quinta-feira, Setembro 10th, 2009

É certo que muito me tenho batido contra batido contra o uso do flash.  Alguns críticos  já me advertiram que o blog da lusoseo  tem um componente flash, o plugin Cumulus.

Ora pois tem mesmo um componente flash por dois motivos:

- primeiro é excelente componente que dá algum dinamismo ao site,  algo demasiado estático, considero que os meus leitores gosta de ler sobre as minhas experiências e não propriamente estão a espera de muito dinamismo.

- não considero muito boa ideia o uso das habituais nuvem de tags. Os links da chamada homepage deve como principal preocupação orientar o visitante pelo diverso conteúdo do blog. e não ser usando para fim como artificialmente aumentar o numero de paginas indexadas com tag, que não passam nada mais por páginas de pesquisa que do autor dos diferentes  posts pensa serem importantes para obter mais tráfego.

flash-proibido

Por principio sou contra todos os métodos que artificializam o número de páginas indexáveis, pode dar alguma vantagem inicial mas rapidamente essas páginas artificiais deixa de estar no índex principal da Google.

Usar componentes flash é uma mais valia quando se trata de criar algum dinamismo ou ate obter qualquer interacção com o visitante mas nunca, e repito nunca deve ser o principal meio navegacional de um site.

Etiquetas:, ,
3 Responses to “Usar flash é mau para uma boa optimização”

  1. Concordo plenamente om o seu artigo. Um site completamente em flash é uma “dor de cabeça” para um dos dois mais importantes buscadores: o google. Quanto ao bing, sinceramente ainda não sei, mas acho que também terá os seus problemas ao indexar um site totalmente (ou quase) em flash.
    Quanto a mim, também concordo TOTALMENTE consigo no dinamismo que os componentes flash trazem a um site; uso – por vezes abusarei – de partes em flash. Mas tento sempre que esses componentes em flash não prejudiquem a indexação dos meus sites em buscadores.

    Saudações cordiais, e o meu grande OBRIGADO de novo, a sua avaliação e opriniões sobre o meu site ajudaram-me imenso a (tentar) melhorá-lo! :)


  2. Antes de mais, parabéns pelo site! Entrei redireccionada pelo google, só para ler um artigo sobre o alojamento, não pude evitar e tive que explorar outros artigos (o que é sempre bom sinal), até que me deparei com este. A razão que me motiva a comentar este post, é exactamente porque estou no processo de criar um site totalmente em flash. Começou como um projecto escolar, onde até desenrasquei uma boa nota, para passar a trabalho sério visto que a entidade ficou interessada em colocar o site no ar. Tenho-me deparado com alguns problemas, geralmente relacionados com a programação em actionscript, mas também e sobretudo, com os conteúdos em xml. Entretanto, referente ao que aqui é dito sobre a indexação nos motores de busca, é verdade, tentei e inseri meta tags para keywords no html do index, nada é reconhecido pelo google, e por isso pergunto, se há alguma forma de contornar isso? Também gostaria de saber se há a possibilidade de criar um sistema de backoffice para um site totalmente em flash? Sei que o xml já se qualifica um pouco nessa categoria, mas grande parte dos conteúdos não são nessa linguagem; o motivo que me leva a perguntar, é porque um dos meus projectos futuros será colocar um portfolio online, e fazia tenções de o criar em flash, algo que me permitisse conciliar numa estrutura tanto os trabalhos que pretendo mostrar, como também numa das páginas o meu blog, o que para manter actualizado, sem backoffice.. é um pouco suicída.
    Peço desculpa por este testamento, fico grata por qualquer atenção que possa dispensar.

    Saudações,
    Joana


    • Ola Joana, obrigado desde já pelo comentário tão pertinente. Deu me vontade de escrever meia dúzia de artigos sobre este tema :)

      É relativamente simples fazer um site completamente em flash que seja correctamente indexado. Se observar a source deste blog com certeza notar que os links que o componente flash contem estão também representados no html, apenas não ficam visíveis depois de o componente flash carregar. É nesse ponto que insisto, o flash funciona perfeitamente desde que a navegação seja correctamente inserida com o componente que uso no lusoseo. Ora um site construído totalmente em flash tem obrigatoriamente ajustar o flash a cada url diferente… dito de outro modo mais sintético a navegação alternativa ao flash tem mesmo que corresponder a filme flash a mostrar o conteúdo certo. Existem varias técnicas para fazer uma perfeita indexação de sites flash, confesso que já desenvolvi alguns sites com estas características observando a pequena regra que é: a navegação e conteúdo tem que estar disponível para os casos de flash activo e inactivo, deste modo não haverá problemas de indexação. Agora sites só com um html e o flash contendo todos os elementos dará lugar apenas ser indexada uma única página e terá pouca relevância SEO.

      O sistema de backoffice que descreve é usado, por exemplo, pelo Municipio da Covilhã.
      Não conhecendo as suas aptidões, ainda assim afirmo que é relativamente simples criar um sistema mínimo em php que permita gerir o conteúdo através de ficheiros xml ou usando uma base de dados.

Leave a Reply